Partilhar

PR3 - Os Encantos de Alcoutim (Alcoutim)

Foi na Praça da República que dei o primeiro passo do “PR3 – Percurso Pedestre de Alcoutim – Encantos de Alcoutim”. Desde o centro da vila, segui em direcção à ponte sobre a Ribeira de Canavais.
Após o Centro de Saúde, virei à direita, seguindo as indicações da Pousada da Juventude e ao chegar a esta, continuei agora pelo caminho em terra batida, para o Castelo Velho.
As paisagens do Guadiana, o grande rio do sul, acompanham todo o trajecto. Nele observei um sem número de veleiros que repousavam à vez, na estabilidade possível oferecida por amarras presas ao fundo do rio.
Assim é a vida em Alcoutim, calma e tranquila como aquele baloiçar das embarcações. Esta caminhada foi realizada a esse ritmo, aliás, os dias que passei na vila foram realmente revigorantes.
Após ziguezaguear pelo Cerro de Santa Bárbara, subindo pausadamente a cada passada dada, cheguei ao Castelo Velho. Aqui, sentei-me na pedra mais alta e desfrutei. Estas ruínas de um conjunto de edifícios habitacionais e muralhas foram erguidas no período islâmico, nos séculos VIII e IX.
O Guadiana lá em baixo, imponente segue o seu curso. A sul, Alcoutim e Sanlúcar, as duas povoações que o rio não separa, continuam serenas à sua passagem. O rio as une e lhes dá muita da sua dinâmica turística.
Retomo o caminho de regresso à vila, contornando o cerro pela encosta sul e descendo em altitude.
Sigo agora em direcção à Praia Fluvial do Pego do Fundo, repetindo o mesmo trajecto até ao Centro de Saúde, onde de imediato viro à direita. As placas de madeira não enganam e após a descida num piso empedrado, eis que me deparo com a Praia Fluvial de Alcoutim. Com umas infra-estruturas adequadas, a praia fluvial é um local muito aprazível para aproveitar umas horas num dia de sol, quer no pequeno areal da Ribeira de Cadavais, quer na esplanada do café que lhe serve de apoio.
Passei a ribeira e após o mural de azulejos que relata a história e etnografia de Alcoutim, com desenhos da autoria de Carlos Luz, cheguei à Ermida da Senhora da Conceição.
Por entre ruas estreitas de declive elevado, dirigi-me para o Castelo onde adquiri o ingresso que daria acesso, pelo prazo de uma semana, a todos os museus do concelho de Alcoutim. Uma interessante iniciativa que infelizmente não aproveitei devidamente, pois o tempo de descoberta em Alcoutim estava já na recta final.
Visitei o Castelo, percorri as suas muralhas, visitei o museu onde estão expostos os artefactos encontrados nas suas ruínas bem como o restante património arqueológico do concelho. Descobri também a maior colecção de jogos islâmicos do país. Interessante sem dúvida.
O percurso estava a terminar e após descer para as margens do rio, onde a Capela de Santo António alberga o Núcleo Museológico de Arte Sacra, finalizei a caminhada com um almoço descontraído junto à Igreja Matriz de S. Salvador.
Para o dia seguinte estava reservado a extensão opcional deste percurso por terras castelhanas, a visita a Sanlúcar de Guadiana.

Vídeo Álbum Folheto Onde ficar Perfil Extensão
PR3 - Os Encantos de Alcoutim (Alcoutim)
PR3 - Os Encantos de Alcoutim (Alcoutim)
Ver em
cm-alcoutim.pt
Hotéis, Residenciais, Pensões, Albergues, Pousadas, Hostals, Turimo Rural, Campismo...escolha o seu alojamento barato.
PR3 - Os Encantos de Alcoutim (Alcoutim)
5,73 Km (circular)
DOWNLOAD GPS (GPX + KML)
(inscreve-te já na newsletter para receberes os próximos percursos por email)

 

Partilhar