Partilhar

Nos trilhos da Ilha da Morraceira - Caminhada Quatro Estações - Primavera (Figueira da Foz)

A Ilha da Morraceira, banhada a norte pelas águas do Mondego e a sul pelo Rio Pranto, é uma pérola do concelho da Figueira da Foz. Com cerca de 600 ha de salinas, pisciculturas, arrozais, sapais e caniçais possui uma impressionante riqueza orniotológica com comunidades de aves migratórias que escolhem este local para refugio, descanso e alimentação.
Foi esta fantástica biodiversidade que fomos revisitar numa caminhada organizada pela Associação Figueira Sal, inserida no evento “Quatro Estações – Salgado da Figueira da Foz”.
Em cada uma das quatro estações do ano irá ser realizada uma caminhada para dar a conhecer as diferentes nuances e mutações da paisagem na Ilha da Morraceira. Desta feita, a primeira foi na Primavera, mais propriamente no passado dia 1 de Maio.
À hora marcada os caminhantes chegavam ao ponto de encontro sob o tabuleiro da Ponte Edgar Cardoso, na margem sul do Mondego. Cada um, após o check-in e entrega do kit de participante, iniciava a caminhada ao seu ritmo. Eram famílias com crianças, grupos de amigos, caminheiros solitários, no total cerca de 350 participantes de todas as idades que preenchiam os trilhos que ladeavam as salinas.
A primeira paragem foi nas Salinas Filipas para um café (ou chá) à moda antiga. Feito como as nossas avós o faziam, café solúvel em canecas altas, soube muito bem acompanhado com “línguas de gato” a recordar outros tempos.

A Ilha da Morraceira, banhada a norte pelas águas do Mondego e a sul pelo Rio Pranto, é uma pérola do concelho da Figueira da Foz.

Continuámos a caminhada sem perder muito tempo. Muitos dos antigos armazéns de sal estavam encerrados ou mesmo em ruínas. O mesmo acontece com muitos talhões de onde outrora saíram toneladas de sal e agora deixados ao abandono. Felizmente a recuperação de alguns trouxe uma nova vida à Morraceira.
Quando chegámos à Salina Corredor do Sol já a aula de Ioga ao ar livre tinha começado. Respirava-se tranquilidade.
Enquanto uns optavam por relaxar nas actividades propostas pela organização, outros exploravam as salinas e conversavam com os marnotos, que pausavam a sua actividade para explicar a safra a quem tivesse curiosidade. Um trabalho árduo e que não está ao alcance de qualquer um, como pudemos comprovar.

Nos trilhos da Ilha da Morraceira - Caminhada Quatro Estações - Primavera (Figueira da Foz)

Nas Salinas Tapada Norte provámos licor de salicórnia, um nectar especial feito pelo Sr. Olípio que à entrada do armazém expunha alguns produtos de produção caseira. Um agradecimento especial pela simpatia e experiência que nos proporcionou.
Continuámos a caminhada e fomos surpreendidos por um bando com mais de duas centenas (contando assim muito por alto) de flamingos que repousavam numa zona mais discreta da ilha. Ao levantarem voo mostravam as nuances rosadas das suas penas num cenário lindíssimo representativo da riqueza ornitológica presente neste ecossistema.
Antes do almoço ainda tivemos tempo para uma limonada caseira nas Salinas Donato.

Nos trilhos da Ilha da Morraceira - Caminhada Quatro Estações - Primavera (Figueira da Foz)

Foi na bifurcação dos caminhos entre as Salinas Tapada Norte e as Salinas Tapada Sul que os petiscos foram servidos. Recuperámos energias com uma deliciosa sopa de legumes e sandes de porco assado no espeto. Para a sobremesa estavam reservadas as tradicionais enguias doces dos Armazéns de Lavos. Que bela forma de terminar a refeição!
Estava na hora de regressar e passo a passo, a Ponte Edgar Cardoso onde deixámos o carro aproximava-se cada vez mais. Os pernilongos indiferentes à nossa passagem e ao rebuliço daquela manhã nidificavam entre a erva seca.

Nos trilhos da Ilha da Morraceira - Caminhada Quatro Estações - Primavera (Figueira da Foz)

Uma sugestão final. Apesar de existirem postes informativos com o enquadramento geográfico e histórico do salgado, como o percurso não era sinalizado e cada caminhante seguia o seu caminho, alguns participantes não chegaram a percorrer todos os trilhos e a visitar todos os armazéns com actividades. Um pormenor que se resolve facilmente com um reforço da sinalização no próximo evento.
Em resumo, gostámos muito desta manhã passada numa zona tão especial e exclusiva da Figueira da Foz. Muitos parabéns à Associação Figueira Sal pela iniciativa.

Nos trilhos da Ilha da Morraceira - Caminhada Quatro Estações - Primavera (Figueira da Foz)

Pontos de Interesse:

Ilha da Morraceira, Avifauna, Salinas e Ponte Edgar Cardoso.

Dicas:

  • Estacionar sob o tabuleiro da Ponte Edgar Cardoso.
  • Levar protector solar em dias de sol e muita água pois as sombras são inexistentes.

Fontes:

FICHA TÉCNICA

Marcação
0/5marcação

Dificuldade
1/5dificuldade

Acessibilidade
Acessívela carrinho de bebé

Paisagem
3/5paisagem

Elevação mínima
-2melevação mínima

Elevação máxima
16melevação máxima

Subida acumulada
82msubida acumulada

Descida acumulada
89mdescida acumulada

Distância
9,2kmlinear
ida e volta

Tempo
3h:30m
 
ALTIMETRIA
Altimetria
 
DOWNLOAD GPS (GPX + KML)

(inscreve-te já na newsletter para receberes os próximos percursos por email)

Partilhar