Fuga. Esta foi a palavra sempre presente neste fim de semana prolongado. Fugir do reboliço do quotidiano para encontrar a tranquilidade no coração alentejano. Fugir do stress, do relógio, das horas marcadas para tudo e para nada. Fugir. Nem que seja por apenas um ou dois dias, o suficiente para...
+ info