PR2 - Da Orla Costeira às Pedras Negras - São Pedro de Moel (Marinha Grande)

Iniciámos o “PR2 – Da Orla Costeira às Pedras Negras” na Praça Afonso Lopes Vieira, junto à praia de São Pedro de Moel, concelho da Marinha Grande. O seu ponto de início oficial situa-se no Parque Vale do Ribeiro, nas traseiras desta praça onde podemos observar o painel indicativo desta pequena rota assinalada.
Almoçámos perto da praia e foi para ajudar a uma digestão mais fácil (todas as desculpas são boas para caminhar) que resolvemos percorrer os cerca de 8,5 km de extensão, a grande parte percorridos na pista ciclável e pedestre que acompanha a Estrada Atlântica, paralela à costa. Subimos a povoação pela estrada a norte do vale ao seu encontro.
Já na ciclovia rapidamente chegámos ao Farol do Penedo da Saudade inaugurado em 1912. Entretanto a filhota no seu carrinho cedeu à habitual sesta depois de almoço e deixou-nos a falar sozinhos. Uma das razões por ter optado por este percurso foi também o facto de o poder percorrer com o carrinho de bebé pois se o marsúpio é dos “brinquedos” preferidos dela, a mais que provável sesta iria obrigar a procurar uma posição mais confortável para o merecido descanso.

A vegetação endémica forma tapetes verdes onde passadiços de madeira, gasta pelo tempo, encaminham os turistas para miradouros e praias de areia dourada.

Vamos avançando a bom ritmo enquanto contemplamos a típica paisagem rochosa das arribas costeiras portuguesas. A vegetação endémica forma tapetes verdes onde passadiços de madeira, gasta pelo tempo, encaminham os turistas para miradouros e praias de areia dourada.
Chegamos à Praia da Concha, presumo que o nome se deva à forma desta pequena extensão de areia que abraçada pelos penedos e formando uma pequena baía, se assemelha muito a uma concha do mar. Após o Penedo do Cabo vislumbramos a Praia Velha onde a paisagem muda drasticamente das escarpas rochosas para uma enorme extensão de areia a norte. Não descemos o passadiço e continuamos na ciclovia onde é mais fácil progredir com o carrinho de bebé. Lá em baixo, o Ribeiro de São Pedro desagua no areal e o seu pequeno caudal rasga as areias até encontrar a água salgada do mar. Continuamos para norte e a cerca de 1 km, após a ponte sobre o ribeiro, viramos à esquerda na indicação “Pedras Negras”. Entramos numa pequena estrada de asfalto e terra batida que nos leva até à praia. Percorremos o passadiço de madeira para sul sobre a zona dunar até ao parque de estacionamento de acesso ao areal. A Praia das Pedras Negras é assim denominada devido aos afloramentos de margas escuras e avermelhadas, com idade estimada de 210 a 245 milhões de anos.
As condições climatéricas mudaram radicalmente a ameaça cair chuva a qualquer momento. Num passo mais acelerado percorremos o caminho florestal até reencontrar a Estrada Atlântica e já de novo na ciclovia regressámos a São Pedro de Moel para terminar o percurso.

Fonte: www.cm-mgrande.pt

Pontos de Interesse: São Pedro de Moel, Farol de São Pedro e Penedo da Saudade, Penedo do Cabo, Praia Velha e Praia das Pedras Negras (com Árvore de Interesse Público).

FICHA TÉCNICA

Marcação
3/5marcação

Dificuldade
2/5dificuldade

Paisagem
4/5paisagem

Distância
8,6kmlinear – ida e volta

Tempo
2h:20m
ALTIMETRIA
Altimetria
DOWNLOAD GPS (GPX + KML)

(inscreve-te já na newsletter para receberes os próximos percursos por email)