PR1/FIG - Rota dos Arrozais - Maiorca (Figueira da Foz)

O “PR1/FIG – Rota dos Arrozais” começa no centro da vila de Maiorca, mais propriamente no Terreiro do Paço onde está implantado o Paço dos Viscondes de Maiorca, mais conhecido simplesmente por Paço de Maiorca. Este património edificado em finais do séc. XVII foi declarado Imóvel de Interesse Público em 1977 e possui uma das maiores coleções do mundo de azulejos holandeses. Infelizmente não o consegui visitar pois estava encerrado a uma terça-feira de Julho, apesar de o website da Freguesia de Maiorca informar que se encontra aberto diariamente. Um pormenor a corrigir.
Iniciei a caminhada para sul, subindo logo nesta fase inicial ao ponto de maior altimetria (cerca de 90m) do percurso assinalado. Daqui fui brindado com uma vista espectacular para os arrozais. Estamos em plena fase de crescimento do arroz que, já fora de água, pinta de um verde intenso os campos do Baixo Mondego.
Num trilho de terra batida e alguma gravilha desço até aos campos. Mais adiante encontro a Fonte da Oliveira onde pela esquerda sigo o trilho com os arrozais a adornar ambos os lados. Passo num pequeno túnel por baixo da A14, a autoestrada que liga Coimbra à Figueira da Foz, e do outro lado descubro a original Ponte das Cinco Portas (fotografia acima).

Estamos em plena fase de crescimento do arroz que, já fora de água, pinta de um verde intenso os campos do Baixo Mondego.

Aqui perdi a sinalização do trilho devido aos trabalhos de intervenção hidroagrícola do Baixo Mondego. Isso levou-me a percorrer um caminho paralelo ao que efectivamente fazia parte da rota assinalada para chegar à estrada entre o Monte de Santa Olaia e a freguesia de Ereira. Algumas cegonhas, curiosas à minha passagem, voavam sobre os arrozais onde o alimento é abundante. Já na pequena estrada em asfalto, que percorro para noroeste, vejo ao longe e se olhar para a esquerda a vila de Maiorca, enquanto que à direita, engalanado no cimo do monte, o castelo de Montemor-o-Velho que é considerado com grande probabilidade o castelo mais antigo de Portugal.
Chego aos Montes de Santa Olaia e Ferrestelo, um sitio classificado que comprova a grande importância do local, mas aparentemente não importante o suficiente para merecer mais atenção das entidades responsáveis. O painel de informação junto à estrada está degradado e no cimo, a Capela e o Castro de Santa Olaia choram algum desalento e abandono a que foram deixados. Apesar de aqui podermos encontrar alguns vestígios Fenícios, Romanos, Medievais e do período Neolítico hoje apenas constato a falta de informação que suportaria uma visita mais enriquecedora a este local.

PR1/FIG - Rota dos Arrozais - Maiorca (Figueira da Foz)

Continuo a caminhada agora para a zona menos empolgante do percurso, uma parte da estrada de acesso à A14 que passa sob a mesma e segue em direcção a Maiorca. Cerca de 700m mais adiante sigo à direita por um caminho em calçada que me leva novamente a percorrer os extensos arrozais riscados com alguns cursos de água que os alimentam. Depois da ponte estou já perto do núcleo da vila e a paisagem altera-se para campos de agricultura mais tradicional à medida que me aproximo do final do percurso.

PR1/FIG - Rota dos Arrozais - Maiorca (Figueira da Foz)

Percorro o Parque do Lago de Maiorca (fotografia acima) e sou recebido por dois patos que descansavam tranquilamente no trilho. Tentando não os incomodar afasto-me e subo ao moinho para tirar algumas fotografias de uma outra perspectiva do lago e sua envolvente. Já na recta final do percurso descubro a Igreja Matriz e termino os cerca de 13km junto ao Paço de Maiorca.

Pontos de Interesse: Paço de Maiorca, Ponte dos Arcos, Castro de Santa Olaia, Rio Mondego, Ponte das Cinco Portas, Ponte do Arco Porqueiro, Fonte da Oliveira.

FICHA TÉCNICA

Marcação
2/5marcação

Dificuldade
3/5dificuldade

Paisagem
3/5paisagem

Distância
13,4kmcircular

Subida acumulada
318msubida acumulada

Descida acumulada
323mdescida acumulada

Tempo
3h:00m
ALTIMETRIA
Altimetria
DOWNLOAD GPS (GPX + KML)

(inscreve-te já na newsletter para receberes os próximos percursos por email)