PR - Trilho Ricardo Magalhães (Macedo de Cavaleiros)

Cheguei já tarde para quem ainda vai iniciar um percurso pedestre. Eram quase onze da manhã quando estacionei o carro na aldeia de Santa Combinha e o calor já se fazia sentir com alguma intensidade.
Com uma localização privilegiada numa língua de terra que penetra a albufeira da barragem do Azibo e perto da praia fluvial com o mesmo nome, a aldeia estava repleta de vida naquela manhã. Estávamos no último dia de Julho e muitos dos filhos da terra tinham já regressado dos países de acolhimento para as merecidas férias de Verão. Outros preparavam as casas para o tão desejado reencontro com os familiares que ainda estariam por chegar.
Segui as placas com indicação do percurso, atravessando a aldeia pela rua central em pedra.
Situada em lugar de destaque e a poucos metros do inicio da caminhada, a Capela de São Gonçalo dá as boas vindas a quem por ali passa.
Do pequeno parque infantil bem cuidado saíam crianças pelas mãos dos pais, satisfeitas com a brincadeira tida. Ali podiam correr, gritar, correr mais um pouco…tinham o dia inteiro para o fazer, afinal estavam de férias na terra dos avós.
Detive-me um pouco no miradouro, desfrutando da paisagem sempre peculiar e absorvente que uma albufeira pode oferecer.
Passando pela Igreja Matriz, continuei em direcção ao Centro Interpretativo do Parque Natureza do Azibo. À chegada virei à direita descendo o monte até um nível próximo da água. O percurso bem delimitado, desenvolve-se agora em contacto permanente com as águas do Azibo. Espalhados pelo percurso, vários bancos em madeira e dois observatórios de aves possibilitam um possível descanso nesta rota de nível de dificuldade baixo.
Contornando a península, regresso ao Centro Interpretativo para logo a seguir encontrar de novo o casario de Santa Combinha. Na pequena esplanada do café, as duas mesas gastas pelo tempo eram o palco para uns dedos de conversa. Histórias de uma vida de trabalho, de um ano passado longe dos mais queridos, fluíam a cada café servido.
O regresso a casa era agora uma realidade bem presente. Após uma semana em terras transmontanas, regresso a casa mais “rico”. As gentes que conheci, a gastronomia que provei e os locais visitados fazem com que me despeça de Trás-os-Montes com um um simples “até já”…

Vídeo Álbum Mapa Onde ficar Perfil Extensão
PR - Trilho Ricardo Magalhães (Macedo de Cavaleiros)
PR - Trilho Ricardo Magalhães (Macedo de Cavaleiros)
Ver no Google Maps
Hotéis, Residenciais, Pensões, Albergues, Pousadas, Hostals, Turimo Rural, Campismo...escolha o seu alojamento barato.
PR - Trilho Ricardo Magalhães (Macedo de Cavaleiros)
4,44 Km
(circular)
GPS
Se gostou dos conteúdos, faça um donativo de 1.00 EUR. Receberá por email o link para download do ficheiro GPS.